Goiás Transmissão S.A.

A Goiás Transmissão S.A. é uma sociedade de propósito específico – SPE, para a qual, através do Contrato de Concessão do Serviço Público de Transmissão de Energia Elétrica nº 002/2010 - ANEEL, datado de 12 de setembro de 2010, celebrado com a União, por intermédio da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, foi outorgada à Companhia a concessão de Serviço de Transmissão de Energia Elétrica, pelo prazo de 30 anos, as instalações de Rede Básica para implantação, operação e manutenção das seguintes instalações de transmissão distribuídas em áreas do Estado de Goiás.

 
As instalações de transmissão sob a responsabilidade da GOT compreendem 01 (uma) Subestação própria, 3 (três) Entradas de Linha em subestações acessadas e cerca de 259 km de linhas de transmissão com tensões de 230 e 500 kV, além das demais instalações necessárias às funções de medição, supervisão, proteção, comando, controle, telecomunicação, administração e apoio. 

 

As instalações originais acima indicadas entraram em operação comercial definitivamente em novembro de 2013, em prazo um pouco superior ao inicialmente programado devido a atraso na liberação do licenciamento ambiental emitido pela SEMARH - Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos.
 

Em 25 de junho de 2013, foi emitido pela ANEEL Resolução Autorizativa REA-4.195 que autorizou a Goiás Transmissão S.A. a implantar reforços nas instalações de transmissão sob sua responsabilidade. 
 

A ampliação da SE Trindade contemplou duas etapas. A 1a etapa consistiu na instalação de reator manobrável de 36 MVAr. O reator foi instalado no terciário do 3º banco de autotransformador existente, com possibilidade de conexão no terciário do 4º banco, que foi   instalado na 2ª etapa desta ampliação. A energização da 1ª etapa ocorreu em setembro/2014. A 2ª etapa consistiu na instalação do 4º banco de autotransformador 500/230-13,8 kV - 3 x 133,3 MVA. Este reforço aumentou a capacidade instalada de 1.200 MVA para 1.600 MVA. A energização desta 2ª etapa ocorreu fevereiro de 2015.